Far from Alaska para MTV1

(original aqui)

PRA OUVIR EM 2013: FAR FROM ALASKA

Postado Gaia Passarelli // garbageshirley mansonCostella Live SessionsFar From Alaska

Pelo nome dá pra ter uma idéia: o Far from Alaska é um empolgado quinteto das terras quentes do Rio Grande do Norte, que faz rock inspirado em Turbowolf e Warpaint e que começa o ano de 2013 muito bem, com primeiro EP, ‘Stereochrome’, disponível pra download e ganhando elogios da Shirley Manson.

A banda, formada pelos amigos com gostos em comum Emmily Barreto, Cris Botarelli, Edu Filgueira, Rafael Brasil e Lauro Kirsch (todos com idades entre 21 e 26 anos) é capaz de destilar influências como Mars Volta, Turbowolf e Warpaint, mas não é a fim de sair fazendo lista. “Não houve esse momento de juntar influências e definir: ‘vamos por aqui!’, as músicas foram indo e fluindo do jeito delas”, conta a vocalista Emmily, por email.

Apesar do climão solto, a brincadeira ficou séria rapidamente: em 2012 o Far From Alaska passou na frente de outras 49 bandas no concurso Som para Todos, da gravadora Deck Disc e ganhou a chance de abrir o festival Planeta Terra.

Foi o segundo show da banda, no mesmo palco de gente como The Drums e Gossip. Mas, segundo Emmily, não teve pressão. “Teve uma felicidade louca por termos ficado entre os finalistas, seguida de uma estreia inesquecível no concurso, que nos rendeu esse mega-bônus que foi tocar no Terra. Foi absolutamente uma win-win-win-win-win situation!”

A experiência acabou rendendo um encontro nos bastidores com a vocalista do Garbage, Shirley Manson, que disparou um post elogiando o Far From Alaska no Facebook e indicando a audição do Costella Live Sessions da banda, produção do Chuck Hipolitho, quase um padrinho do quinteto e responsável pela mixagem do EP Stereochrome.

Foi um contato rápido, de fã com ídolo, mas que ajudou a divulgar o nome e as quatro faixas do Far from Alaska. “A Cris e o Edu são muito fãs do Garbage e durante o Terra encontramos com a Shirley no lobby do hotel. Superando a vibe bichos-do-mato resolvemos ir trocar ideia. Ela foi muito simpática, perguntou a quanto tempo tocávamos juntos e soltou um ‘holy shit!’ quando falamos que era nosso segundo show. Daí, na despedida rolou aquele ‘Far From Alaska, right? I’ll look it up’ que a gente achou que era só educação”. Dois meses depois, ela fez o simpático post no Facebook. “Imagina nossa surpresa!”, celebra Emmily.


O encontro com Shirley Manson no lobby do hotel em SP

Empolgados pela divulgação extra, o foco da banda em 2013 é preparar um álbum, já que o Far From Alaska tem mais do que as quatro músicas conhecidas do EP. “Queremos lançar um disco completo e um clipe. O clipe sai primeiro que o CD e já estamos articulando, aí quem sabe a gente toca na MTV, já pensou que tudo?” Tomara!

Mais Far From Alaska:
https://soundcloud.com/farfromalaska
http://facebook.com/farfromalaska
http://twitter.com/farfromalaska
http://www.lastfm.com.br/music/Far+From+Alaska

About gaia passarelli

Freelance writer and traveler, based in Sao Paulo, Brazil.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: