Retrô 2012

(originalmente aqui)

2012 não foi mais legal que 2011. Mas foi muito bom.

Comecei 2012 encarando as sempre confusas mudanças da empresa onde trabalho. Foi, de longe, o assunto estressante do ano. Talvez o único. Ficou pendente como o ‘vamos ver se melhora’ de 2013. Sentimento comum aqui em casa, falta incentivo.

Também logo no início do ano mudei de casa, deixando pra trás a rotina hippie de estradas de terra, quedas de luz e observação de macacos para morar na aprazível Vila Beatriz paulistana, junto com meu namorado, perto dos amigos e da família. Tudo bem que o aluguel é caro, que o trânsito de São Paulo é um horror, que tem gente soltando rojão na rua às sete da manhã. Está sendo ótimo, principalmente pro meu filho, que pode ir caminhando para a escola e passar mais tempo com o pai.

Ao longo do ano mudei um tanto minha relação com musica. Primeiro, porque escrevi sobre outros assuntos: viagem, comida, cidades. Segundo, porque não tendo mais rraurl nem Goo passei a dedicar tempo a cada álbum/musica que me chamou a atenção. E, terceiro, porque foi um ano em quecomprei mais discos e baixei menos musica, usando cada vez mais a vitrola e serviços como rdio e oex.fm.

No primeiro semestre fui pra Nashville numa viagem curta, aquele esquema de ficar fica mais tempo no avião/aeroporto do que na cidade. Foi a viagem pra entrevistar o Jack White pra MTV, aquela quevirou gif animado nas interwebz e foi legal demais. Em julho usei o dinheiro de um freela pra alugar um apartamento e fugir pra Londres, numa viagem de férias com meu filho com direito à tudo aquilo que não consigo fazer em viagem de trabalho: museu, parques, caminhadas longas, pontos turísticos.

Foi tão bom que voltei pra Londres em outubro, pra passar um mês viajando, estudando, escrevendo evivendo sozinha. Essa temporada, que alguém chamou de “viagem de escritor” rendeu a reportagem que me fez mais feliz esse ano, da visita à casa do John Peel. E também os relatos sobre Liverpool e sobre o norte da Escócia para a CI. E também visitas à amigas que eu não via há anos, rolês de tube e bus, comida indiana e um mês inteiro de rotina de ler/escrever e me virar sozinha que me fez um bem enorme.

Outras coisas importantes: tomei menos remédio, fiz mais exercício, li muitos livros, visitei mais meus amigos, assisti à bons shows, passei mais tempo com a minha família, troquei o vinho pela cerveja, fizuns trabalhos bem legais pro google e deixei o cabelo crescer.

Pra 2013 eu tenho idéias para trabalhar, para viajar e para escrever. Sempre com meu amor e com um sorriso.

Feliz ano!

About gaia passarelli

Freelance writer and traveler, based in Sao Paulo, Brazil.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: